F2

Calderón assina com Arden para temporada 2019 e se torna primeira mulher a competir na Fórmula 2

Tatiana Calderón está mais próxima de chegar à Fórmula 1. Assinando com a Arden para a temporada 2019, a colombiana faz sua estreia na F2, tornando-se a primeira mulher a competir na categoria

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Tatiana Calderón segue conquistado seu espaço dentro do mundo do esporte a motor. Em 2019, a colombiana vai se tornar a primeira mulher a disputar uma temporada da F2, defendendo as cores da Arden.
 
No final do último ano, a pilota já havia testado com um carro da categoria, em Abu Dhabi. Então, para este campeonato, vai subir mais um degrau na escalada em direção à F1 – ela correu na GP3 nos três últimos anos, inclusive pela Arden em 2016.
 
“Estou muito animada por competir na F2 com a Arden em uma parceria técnica com a HWA Racelab. É um novo desafio em minha carreira e um passo mais próximo de meu maior objetivo, que é alcançar a F1. Mal posso esperar para testar na próxima semana”, disse Calderón.
Tatiana Calderón durante teste da FE (Foto: DS Techeetah)
Tatiana vai ser companheira de Anthoine Hubert, campeão da temporada 2018 da GP3 com a ART.
 
“Estamos felizes em receber Tatiana de volta à Arden. Seus recentes resultados em testes tanto na F2 quanto na Fórmula E foram bastante impressionantes e estou certo de que ela vai ser uma forte companheira para Anthoine”, afirmou Garry Horner, chefe da equipe.
 
Em 2017, Calderón tornou-se pilota de desenvolvimento da Sauber, e no ano seguinte assumiu o papel de pilota de testes. Foi em 2018, inclusive, que pilotou pela primeira vez um carro de F1 ao participar filmagens promocionais da equipe. Tati também participou dos testes coletivos da FE com a Techeetah.

Tatiana vai entrar na pista nos próximos dias 26 , 27 e 28 de fevereiro, quando a F2 realiza o primeiro teste pré-temporada, em Jerez de la Frontera. A segunda rodada de testes, nos dias 5, 6 e 7 de março, acontece em Barcelona.