F1

VÍDEO: McLaren liga novo motor Renault e dá vida ao MCL34 de Sainz e Norris para temporada 2019 da F1

Em nova fase com a jovem dupla formada por Carlos Sainz e Lando Norris, a McLaren ligou o novo motor Renault que vai empurrar o MCL34 ao longo da temporada 2019. A equipe busca dar a voltar por cima depois de seguidos anos difíceis na F1. O evento, acompanhando por membros da equipe britânica e da fábrica francesa, foi encerrado com aplausos
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
Sem a presença de Fernando Alonso, a McLaren começa a viver uma nova era em 2019 com Carlos Sainz e Lando Norris como titulares na próxima temporada do Mundial de F1. A jovem dupla titular vai ter a missão de acelerar o MCL34, empurrado pela nova versão do motor Renault. E foi nesta quinta-feira (31) que a unidade motriz francesa roncou pela primeira vez de forma pública. O vídeo foi publicado pelas redes sociais da McLaren.
 
A escuderia de Woking publicou um vídeo com as imagens do motor Renault sendo ligado na sede da McLaren, diante de funcionários da equipe britânica e também da marca francesa. É o segundo ano da união entre McLaren e Renault na F1. 2019 vai ser a primeira temporada em 12 anos em que a montadora de Viry-Châtillon não vai entregar seus motores à Red Bull, nova parceira da Honda para os próximos dois anos.


 
Dona de 12 títulos do Mundial de Construtores, a McLaren amarga seu maior jejum de conquistas. A última vez em que a escuderia foi campeã foi em 2008, com Lewis Hamilton. A última vitória foi no GP do Brasil, o último da temporada 2012, com Jenson Button, e o pódio derradeiro foi conquistado há quase cinco anos, no GP da Austrália de 2014, com Jenson Button e Kevin Magnussen.
 
De 2015 em diante, a McLaren jamais passou de um quinto lugar, resultado alcançado quatro vezes por Alonso. O bicampeão mundial de F1, contudo, optou por deixar a categoria, insatisfeito por não ter condições de lutar por vitórias ou mesmo por pódios. Superado pelo espanhol por 21 a 0 em classificações, Stoffel Vandoorne foi dispensado ao fim do ano.
 
Assim, a equipe comandada por Zak Brown e Gil de Ferran optou por dois jovens talentos: Sainz, de 24 anos, décimo colocado no Mundial de Pilotos na temporada passada, e Norris, prodígio britânico de 19 anos e grande aposta da McLaren para o futuro na F1.

O novo MCL34 vai ser revelado ao mundo no próximo dia 14 de fevereiro, quatro dias antes do início dos testes de pré-temporada, em Barcelona.