F1
12/09/2018 07:00

Petecof destaca ascensão de Leclerc como “motivação a mais” aos jovens da Academia de Pilotos da Ferrari

Membro da Academia Shell Racing e também da Academia de Pilotos da Ferrari, Gianluca Peteco destacou a promoção de Charles Leclerc como o novo titular da escuderia de Maranello a partir da próxima temporada. O monegasco representa uma mudança na filosofia adotada pela equipe
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Gianluca Petecof vai mostrando evolução constante em suas primeiras corridas na F4 (Foto: Prema Powerteam)
A chegada de Charles Leclerc como novo titular da Ferrari a partir da próxima temporada representa uma mudança na filosofia da escuderia, conhecida por seu conservadorismo para definir seus pilotos. O monegasco, que vai completar 21 anos em 16 de outubro, vai ser o primeiro piloto oriundo da Academia de Pilotos da Ferrari a ocupar a vaga de titular da equipe mais tradicional da F1.
 
Desde o começo do ano, Gianluca Petecof faz parte do line-up da Academia de Pilotos da Ferrari. O paulista de 15 anos, multicampeão no kartismo, faz em 2018 sua primeira temporada nos monopostos e disputa simultaneamente a F4 Alemã e a F4 Italiana. Para o brasileiro, que também integra o projeto da Academia Shell Racing desde 2015, a chance dada pela Ferrari a Leclerc é incrível porque representa um incentivo a mais aos jovens que trabalham e sonham pela chance de representar a Scuderia na F1 no futuro.
 
“É uma notícia muito legal, fiquei bem feliz por ele. É um anúncio fantástico. Não apenas para nós, novos pilotos, vendo um nome novo, vindo da mesma base, sentando na equipe mais tradicional da F1, mas também por ser um piloto que vem da Academia, que se graduou lá”, destacou Gianluca que, assim como os demais pilotos da Academia, incluindo o compatriota Enzo Fittipaldi, mora em Maranello.
Petecof vê a ascensão de Leclerc como incentivo a mais aos pilotos da Academia da Ferrari (Foto: Prema Powerteam)
“Acho que isso é muito importante dentro da Academia pelo fato de mostrar a nós, pilotos mais jovens, essa força, esse apoio para levar o piloto até o topo. No caso dele, todos os resultados, as performances que ele demonstrou, junto com toda a força e o suporte do staff da Academia, o ajudaram a escalar a ladeira e chegar ao topo, que é a Scuderia Ferrari”, salientou Petecof.
 
“Estou feliz por ele, ele merece muito. E dá realmente uma motivação a mais aos pilotos mais jovens para fazer a mesma coisa, buscar a mesma performance, os mesmos resultados para chegar lá na frente”, complementou.
 
Depois de um período de quase um mês de férias, que incluiu uma visita ao Brasil e com direito a participação no Paddock GP, Petecof volta a acelerar neste fim de semana para a reta final da temporada. Entre sexta-feira e domingo (14 a 16 de setembro), o piloto disputa a rodada tripla de Vallelunga, válida pela penúltima etapa da temporada 2018 da F4 Italiana. O piloto ocupa a sexta posição no campeonato no seu ano de estreia.
 
Na semana que vem, entre 21 e 23 de setembro, Gianluca encerra sua jornada pela F4 Alemã com a disputa da rodada tripla derradeira do campeonato em Hockenheim.