F1

McLaren opta por troca da asa dianteira e MGU-K, Alonso sofre punição e larga do pit-lane no GP da Áustria

Fernando Alonso largaria no GP da Áustria, neste domingo (1), em 13º. Largaria, mas a McLaren optou por romper o regime de parque fechado e realizar a troca da asa dianteira do MCL33 #14 do bicampeão. O procedimento resulta em punição e, por isso, a escuderia britânica decidiu, em conjunto com a Renault, instalar uma atualização do MGU-K para a prova de logo mais
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Fernando Alonso (Foto: McLaren)

Fernando Alonso já sabe que vai ter de empreender uma corrida de recuperação se quiser deixar Spielberg com pontos na bagagem. Nesta manhã de domingo (1), a McLaren optou por romper o regime de parque fechado e instalou uma nova asa dianteira — porém, de antiga especificação — e também, em conjunto com a Renault, aproveitou para também instalar um novo MGU-K, o terceiro da temporada. Assim, o regulamento diz que o piloto que rompe o regime de parque fechado tem de largar do pit-lane, e é isso o que vai acontecer com o bicampeão logo mais, às 10h10 (horário de Brasília).
 
Alonso largaria em 13º no GP da Áustria, na esteira da punição imposta a Charles Leclerc por conta da troca de câmbio. Entretanto, durante o Q2, Fernando foi uma das muitas vítimas das zebras do Red Bull Ring e teve a asa dianteira quebrada na penúltima curva do circuito austríaco.
Fernando Alonso vai partir do pit-lane na corrida de logo mais na Áustria (Foto: McLaren)
A decisão da McLaren e da Renault a respeito do novo MGU-K — motor gerador de energia cinética — partiu do princípio de que era preferível uma punição na Áustria para chegar a Silverstone, na semana que vem, com todos os novos componentes.

Questionado pela emissora Movistar F1 a respeito de largar no fim do grid, Alonso minimizou: "Não tenho nada a perder. Vamos tentar arriscar e, se puder, buscar algum ponto no fim", comentou o bicampeão.
 
O procedimento foi informado ao delegado técnico da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), obedecendo ao que diz o regulamento, às 9h38, horário local (4h38 de Brasília). O documento emitido pela entidade confirma a punição imposta a Alonso.
 
Além de Alonso e da McLaren, a Toro Rosso também optou por realizar uma nova troca de componentes do motor Honda no carro de Brendon Hartley, que vai usar um quinto ICE (motor de combustão interna), e também quinto turbo e MGU-H, seguindo para o quarto MGU-K. Assim, o neozelandês vai partir do fim do grid na nona etapa da temporada 2018 do Mundial de F1.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades de pista do GP da Áustria de F1. Siga tudo aqui.
LISTRAS LISÉRGICAS

COM CHICANE E CORES POLÊMICAS, PAUL RICARD DIVIDE OPINIÕES