F1

“Livre para lutar” com Vettel, Leclerc fala em conquistar favoritismo da Ferrari: “É meu trabalho mudar as coisas”

Charles Leclerc falou em conquistar o favoritismo dentro da Ferrari. Às vésperas da estreia pelo time de Maranello, o piloto de Mônaco se disse livre para lutar com Sebastian Vettel na pista

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Charles Leclerc se disse pronto para assumir o posto de piloto número dois caso a Ferrari necessite. O piloto de Mônaco, no entanto, falou em conquistar o favoritismo da escuderia italiana.
 
Novo chefe do time italiano, Mattia Binotto indicou que Sebastian Vettel será priorizado em situações consideradas “ambíguas”, mas deixou claro que os pilotos estão livres para lutar na pista.
 
Falando à imprensa em Mônaco, Leclerc disse entender a decisão da Ferrari, mas afirmou que faz parte seu trabalho virar o jogo a seu favor.
Charles Leclerc falou em conquistar o favoritismo na Ferrari (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
“Obviamente, eu entendo completamente a decisão”, disse Leclerc. “Como em todos os times, é necessário existir um número um e um número dois em uma situação 50-50. Mas aí, também pelo meu lado, é meu trabalho mudar as coisas. Não vai ter fácil, tenho muito para aprender. Mas vou tentar”, seguiu.
 
Leclerc acredita que situações assim serão definidas caso a caso e que a Ferrari vai informá-lo caso ele precise ajudar Vettel.
 
“Para ser completamente honesto, nessas situações 50-50, quando chegar a hora, provavelmente vão me informar no carro”, comentou. “Para ter algum exemplo adequado, eu não sei, vamos ver na primeira corrida, obviamente. É tudo muito novo para mim”, frisou.
 
Por fim, Leclerc confirmou o que já tinha sido dito por Binoto e Vettel e se disse livre para brigar com o companheiro de equipe na pista.
 
“Nós estamos livres para lutar na classificação e posso tentar ser mais rápido do que ele, o que não será fácil”, concluiu.