F1

Leclerc garante que “pressão não está me atingindo” e fala em “ignorar elogios” antes de estreia pela Ferrari

A estreia de Charles Leclerc pela Ferrari em 2019 é motivo de grande expectativa na F1. No entanto, o jovem piloto quer manter-se focado e longe de qualquer tipo de pressão por performance e resultados
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Charles Leclerc (Foto: Sauber)
Charles Leclerc é um dos centros das atenções da F1 na próxima temporada. Um dos mais promissores pilotos do grid, o monegasco vai formar dupla com Sebastian Vettel na Ferrari e garante que a pressão não o atinge. Leclerc, por enquanto, segue focado no seu trabalho e em terminar bem o ano com a Sauber.
 
Aos 21 anos, o jovem piloto explicou que sempre quis chegar ao time italiano o mais rápido possível e que, por mais que exista forte cobrança e expectativa, não se sente pressionado.
 
"Sempre quis chegar à Ferrari o mais rápido possível. A pressão não é algo que está me atingindo, não acho também que será um problema no próximo ano. Obviamente, já existe uma expectativa alta em me sair bem, ano que vem vai ser mais ou menos a mesma coisa. Então, preciso focar no meu trabalho, tentar tirar isso tudo da minha cabeça e focar 100% no meu trabalho no carro", disse.
Charles Leclerc está focado em seu trabalho (Foto: Sauber)
Nos últimos dias, Esteban Ocon, rival de Leclerc nos tempos de kart, afirmou que espera o monegasco brigando por título já no próximo ano. Charles ficou feliz, mas deixou claro que é hora de ignorar elogios.
 
"É um privilégio ouvir isso, mas acho extremamente importante manter meus pés no chão neste momento. Acho que é bem fácil, especialmente com a idade que eu tenho, ficar meio louco com isso tudo. Então, eu tento não pensar muito nisso, meio que ignoro os elogios e só foco em melhorar", completou.
 
Para Vettel, é natural que Leclerc queira o superar, mas a Ferrari precisa sempre vir em primeiro lugar.
 
"Ele é jovem, então é natural que tenha muita coisa na cabeça. Mas nós precisamos trabalhar juntos. Tenho certeza que ele quer me vencer, eu quero vencê-lo, essas são as regras, mas a chave é trabalharmos bem juntos", falou ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
Charles Leclerc deve incomodar Sebastian Vettel já no primeiro ano (Foto: AFP)
Sem entrar em detalhes de como será a disputa entre os novos companheiros, o chefe Maurizio Arrivabene espera Leclerc aprendendo com Vettel.
 
"Desde 2016 que sabemos que Charles é um grande talento. O próximo passo para ele é ganhar experiência, mas ele precisa aprender bastante com Sebastian", comentou.

Em seu ano de novato na F1, Leclerc tem 27 pontos anotados com a Sauber, o triplo do que fez, até agora, o companheiro Marcus Ericsson.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece este ano nos dias 9, 10 e 11 de novembro, no autódromo de Interlagos. Os ingressos para a corrida estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br