F1

GP às 10: Permanência de Räikkönen no grid da F1 até fim de 2020 é para ser comemorada

Flavio Gomes comenta, no GP às 10 desta manhã de quarta-feira (12), sobre a decisão da Ferrari por Charles Leclerc como novo titular para 2019 e também sobre a volta de Kimi Räikkönen para a Sauber, onde a carreira do finlandês começou no Mundial, em 2001
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Kimi Räikkönen (Foto: AFP)
A chegada de Charles Leclerc como novo piloto titular da Ferrari não chega a ser uma surpresa e já era cantada em verso e prosa por veículos de imprensa da Europa e também do Brasil. De modo que o anúncio da promoção do monegasco, na última terça-feira (11), apenas confirmou as expectativas. Surpresa maior foi, sem dúvidas, o acerto de Kimi Räikkönen com a Sauber, a sua primeira equipe na F1, para onde vai voltar para disputar as próximas duas temporadas.
 
Flavio Gomes, no GP às 10 desta manhã de quarta-feira, destaca que Leclerc, em que pese sua juventude, está pronto para assumir a vaga deixada por Räikkönen, até seguindo o que outros jovens talentos já fizeram e provaram na F1 recentemente, como Max Verstappen. 
 
Por outro lado, a permanência de Räikkönen no grid é um alento e tanto para o esporte, que tem a chance de desfrutar de mais alguns anos de carreira de um piloto singular dentro e fora das pistas.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.