F1

Chefe da Red Bull vê Ferrari campeã da pré-temporada “todos os anos” e sugere: “Testes podem enganar”

O chefe da Red Bull, Christian Horner, reconheceu que a Ferrari apareceu mais forte que as concorrentes na Espanha para os testes coletivos de pré-temporada, mas fez ressalvas: para ele, não é a primeira vez que algo assim acontece. A Ferrari está forte, mas a força da pré-temporada nem sempre rende durante o campeonato
Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, do Rio de Janeiro
Ainda que a tabela de tempos da primeira semana de testes coletivos de pré-temporada tenha terminado com a Renault na frente, quem impressionou e deixou ares de equipe mais forte foi a Ferrari. Indicativo de alguma coisa? Segundo Christian Horner, chefe da Red Bull, a Ferrari sempre é a campeã da pré-temporada. 
 
A SF90 mostrou ser bem nascida e tem deixado Mercedes e Red Bull em alerta, mas Horner tratou a Ferrari em um tom menos amedrontador e lembrou: andar bem na pré-temporada não tem valor prático para a temporada.  
 
Outra lembrança de Horner foi como a temperatura, ainda de inverno, em quase nada se assemelha àquelas que a F1 vai encontrar durante o ano, nas 21 etapas.
Sebastian Vettel em Barcelona (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
"Se houvesse um Mundial de inverno na F1, a Ferrari ganharia todos os anos. Mas ninguém dá pontos pelo inverno. Claramente eles chegaram a Barcelona com um carro mais forte, mas as temperaturas não estão nem perto daquelas com as quais vamos correr de verdade", disse.
 
"Há uma mudança de regras para este ano, então os tempos dos testes são confusos no momento. Não acho que nos deem uma boa ideia do que será a primeira corrida, mesmo que eu possa estar errado. Os testes podem enganar", finalizou.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Eric Calduch, Evelyn Guimarães e Vitor Fazio, e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.