F-Inter
01/05/2017 11:16

Em final apertado, Henriques bate Coelho por 0s1 e fatura vitória na quinta etapa da F-Inter em Interlagos

Dono da pole-position, Marcelo Henriques dominou a quinta etapa da F-Inter em Interlagos, mas teve de lidar com a pressão de Gustavo Coelho nas voltas finais da corrida para receber a bandeirada na ponta com 0s112 de margem. Pedrinho Aguiar fechou o top-3 da prova de domingo (30)
Warm Up / Redação GP,  de São Paulo
 Marcelo Henriques e Gustavo Coelho (Foto: Divulgação)
 
Marcelo Henriques faturou a vitória na quinta etapa da F-Inter, disputada em Interlagos no domingo (30). O #18 cravou a pole-position e suportou a pressão de Gustavo Coelho na parte final da disputa para receber a bandeirada com 0s112 de vantagem para o rival. Pedrinho Aguiar completou o top-3.
 
A performance de Marcelo na corrida em Interlagos não surpreendeu, já que o #18 já tinha cravado a pole ao anotar 1min49s836 no treino classificatório. Entretanto, a expectativa por uma vitória fácil acabou não se cumprindo.
Marcelo Henriques e Gustavo Coelho fizeram a corrida com final mais apertado da F-Inter (Foto: Divulgação)

A largada da quinta etapa da F-Inter aconteceu apenas às 15h45 de domingo, após uma intensa programação do Campeonato Paulista de Automobilismo. Com a largada em meados da tarde, os pilotos encontraram temperatura mais elevada, além de resquícios de óleo no asfalto deixados pelas provas anteriores.
 
Partindo da pole, Marcelo se manteve na frente na primeira fase da corrida, mas bastante pressionado por Pedrinho Aguiar, que vinha cravando volta rápida atrás de volta rápida. Mais atrás, Raphael Figueiredo, Gustavo Coelho, Marcelo Zebra e Nikolas Gaigalas — piloto da Incubadora F.Inter — vinham envolvidos em intensas disputas, enquanto o pelotão formado por Gabriel Salomão, Alexandre Galassi, Rafael Seibel e Drigão Henriques tentava chegar.
 
Na relargada após a intervenção programada do pace-car, Marcelo Henriques manteve a ponta, mas agora seguido por Gustavo, que aproveitou uma manobra mais ousada de Figueiredo para cima de Aguiar para ganhar duas posições de uma só vez e assumir o segundo posto da prova.
 
Com um ritmo forte — que lhe rendeu a melhor volta da disputa —, Coelho pressionou o #18 até o fim, mas Marcelo cruzou a linha de chegada na frente, com 0s112 de vantagem. Aguiar garantiu a terceira colocação.
 
Figueiredo ficou com o quarto posto, à frente de Galassi e Gaigalas. Zebra acabou em sétimo, acompanhado por Salomão, Seibel e Drigão, que sofreu um forte acidente ainda na quinta-feira.


 
PADDOCK GP #75 DEBATE: FERNANDO ALONSO VAI SE DAR BEM NA INDY 500?