Endurance
06/05/2018 13:05

Toyota confirma ordem de equipe em Spa e garante que “decisão seria igual se o carro #7 estivesse na liderança”

Depois da vitória e da dobradinha nas 6h de Spa-Francorchamps, a Toyota confirmou que instruiu seus pilotos a manterem as posições na parte final da corrida, impedindo, assim, qualquer chance de briga entre Fernando Alonso e Mike Conway
Warm Up / Redação GP, de Curitiba
 O pódio das 6h de Spa-Francorchamps (Foto: Rebellion)

A Toyota confirmou a decisão de impedir qualquer chance de luta pela vitória entre seus dois carros, na parte final das 6h de Spa-Francochamps, prova disputava neste sábado (5) e que abriu a temporada 2018/2019 do Mundial de Endurance. O trio Fernando Alonso/Sébastien Buemi/Kazuki Nakajima conquistou a vitória, puxando a dobradinha com o Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López. 
 
O protótipo #8 herdou a pole depois que o #7 foi desclassificado por conta de um problema com o fluxo de combustível. Então, saindo da posição de honra do grid, o trio comandou toda a prova e só enfrentou a resistência dos colegas de equipe na parte final da corrida, mas aí a cúpula do time japonês pediu que as posições fossem mantidas até a bandeira quadriculada. 
Trio do Toyota #8 venceu as 6h de Spa-Francorchamps (Foto: FIA WEC)

"Dissemos aos pilotos que eles poderiam brigar livremente até o último pit-stop", afirmou um porta-voz da Toyota em declaração ao site 'RaceFans'. "Depois disso, eles estavam instruídos a manter as colocações, e Mike foi orientado a deixar uma margem de segurança para Fernando", completou.
 
"Vale a pena acrescentar que emitiríamos a mesma instrução se o carro #7 estive liderando a corrida após os pit-stops finais", emendou o porta-voz.
 
Enquanto o Toyota #8 liderava, o #7 vinha se recuperando depois de largar do pit-lane por conta da punição. Os diversos incidentes e intervenções do safety-car ao longo da corrida beneficiaram o trio, que teve a chance de alcançar a segunda posição após a terceira hora da corrida. Na parte final, Conway se viu muito próximo a Alonso, mas acabou seguindo a ordem dos boxes e completou a dobradinha.