Endurance

Protagonista dos testes coletivos na “perfeita” Le Mans, Alonso destaca “dia interessante e muito divertido”

Fernando Alonso foi o grande nome da Journée Test, a tradicional sessão de testes coletivos que aconteceu no último domingo (3), duas semanas antes do desfecho das 24 Horas de Le Mans. O bicampeão mundial de F1 naturalmente atraiu os holofotes para si e completou o dia de protagonista com o melhor tempo do dia. Alonso se mostrou satisfeito com o trabalho feito em conjunto com a Toyota
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Fernando Alonso em ação neste domingo de testes coletivos em Le Mans (Foto: Toyota)


A estreia de Fernando Alonso no circuito de Le Mans não poderia ser mais marcante. No último domingo (3), a ACO (Automóvel Clube do Oeste) e o Mundial de Endurance promoveram a tradicional Journée Test, os testes coletivos que antecedem a disputa das 24 Horas de Le Mans, entre 16 e 17 de junho. Alonso foi o grande destaque da sessão e atraiu para si todas as atenções depois de um debute perfeito com a liderança da sessão tanto pela manhã como também no período da tarde, quando registrou o melhor tempo com o Toyota TS050 Hybrid: 3min19s066, liderando a tripulação do LMP1 #8 ao lado de Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima.
 
Segundo informa a Toyota, o programa de testes durante o domingo foi extenso para os dois carros, tanto o #8 como também o TS050 Hybrid #7, da tripulação formada por Kamui Kobayashi, Mike Conway e José María López, incluindo trabalho no acerto mecânico e aerodinâmico, bem como trabalho no reaproveitamento de energia híbrida, assim como avaliação dos pneus Michelin a respeito do desgaste e performance no asfalto francês.
 
No total, o Toyota #8 completou 40 voltas no circuito de Sarthe, totalizando 545 km, sem maiores problemas. Alonso se mostrou bastante satisfeito com seu debute em Le Mans e com as primeiras sensações ao guiar no icônico circuito francês.
Fernando Alonso foi o protagonista deste domingo de testes coletivos em Le Mans (Foto: Toyota)
“Foi um dia muito bom para nós. Nos preparamos o máximo possível para esses testes antes da grande corrida, dentro de duas semanas. O carro esteve bem na primeira volta e todos estavam felizes. Meus companheiros de equipe têm a experiência dos anos anteriores e estavam satisfeitos desde o começo, e isso era um bom sinal de que tudo está bem”, destacou.
 
“Para mim, o mais importante era me acostumar ao circuito. Fiz muitas voltas no simulador e estudado as voltas dos outros anos, mas é muito diferente quando você está na pista de verdade”, salientou o bicampeão mundial de F1.
 
Alonso traçou um paralelo com Spa-Francorchamps, circuito onde fez sua primeira corrida no Mundial de Endurance e venceu com a Toyota, em maio, e que já conhecia por conta de todos os seus anos com a F1. Fernando aproveitou para exaltar Le Mans. “Spa era algo mais difícil para mim porque estou acostumado às sensações de um F1. Foi um dia interessante e muito divertido, mas Le Mans é perfeito. Hoje aproveitei”.
Fernando Alonso estreou em Le Mans na liderança do primeiro teste coletivo (Foto: Toyota)
Foi apenas um teste, mas Alonso já teve um aperitivo do que vai encarar dentro de duas semanas, sobretudo com o tráfego intenso na pista. “O ambiente muda muito aqui. Não somente é preciso ter em conta tua volta ou teu cronograma, mas também lidar com o tráfego, as bandeiras vermelhas ou os safety-cars. Temos de lidar com isso”, pontuou.
 
O trabalho não para. Alonso cruza o Atlântico nesta semana para disputar o GP do Canadá de F1 com a McLaren, porém com muitas informações para estudar sobre sua jornada em Le Mans em 15 dias. “Agora temos todas as informações que precisávamos em relação aos pneus e ao acerto. Ainda temos duas semanas para preparar o carro”, finalizou o espanhol.
PADDOCK GP ESPECIAL BAR DO ZÉ #1

AFINAL DE CONTAS, MÔNACO MERECE OU NÃO CONTINUAR NA F1?