Endurance

Pietro Fittipaldi fala à TV pela primeira vez após acidente em Spa-Francorchamps: “Quero voltar o mais rápido possível”

Após grave acidente durante classificação das 6h de Spa-Francorchamps, o piloto passou por cirurgias por conta de fraturas nas duas pernas, mas está bem. Estimando voltar às pistas em julho, Pietro já iniciou a reabilitação e está ansioso para retomar as atividades
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Pietro Fittipaldi (Foto: Indy)

Pietro Fittipaldi deu entrevista, pela primeira vez na TV, ao canal FOX Sports, sobre seu acidente. O brasileiro detalhou o momento do acidente e afirmou que já iniciou a reabilitação para voltar a pilotar o quanto antes.
 
“Estou bem. Feliz por estar aqui em Indianápolis, podendo começar a reabilitação, porque quero voltar o mais rápido possível ao volante. Claro que [o acidente] não foi a melhor coisa que podia acontecer. Estava na classificação, fiz a primeira volta, estava na segunda. Então fui em direção à famosa curva Eau Rouge e quando subi, tive uma falha elétrica no carro. Ele se apagou. E como esses carros têm volante elétrico como direção hidráulica, quando o carro apaga você perde a assistência da direção. O volante fica duro, é impossível controlar e fui direto para parede. Bati e, infelizmente, quebrei as pernas. Mas, como disse, quero voltar logo”, afirmou o piloto.
Pietro Fittipaldi sofreu forte acidente em Spa-Francorchamps (Foto: Reprodução/Twitter)
Fittipaldi sofreu um forte acidente no dia 5 de maio, durante a classificação das 6h de Spa-Francorchamps, na Bélgica. O brasileiro passou por cirurgia por conta de uma fratura exposta da perna esquerda e a outra próxima ao tornozelo da perna direita. Ambas foram realizadas com sucesso. 
 
O pai do piloto revelou ao GRANDE PRÊMIO, que Pietro estava em conversa com a Haas para realizar testes com a equipe. Também escalado para as 500 Milhas de Indianápolis, no próximo dia 27, o neto de Emerson Fittipaldi se ausentará das atividades para a recuperação, e espera estar de volta às pistas em julho. 
 
Confira a entrevista na íntegra
 
 
CAMINHO PARA VIRAR LENDA

TRÍPLICE COROA É O QUE SOBROU PARA CARREIRA DE ALONSO