Endurance

GP às 10: Vitória de Alonso nas 6 Horas de Spa-Francorchamps foi previsível, mas não pode ser desmerecida

Flavio Gomes analisa a vitória de Fernando Alonso, que triunfou ao lado de Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima nas 6 Horas de Spa-Francorchamps no último sábado. O espanhol voltou a vencer uma prova válida por um campeonato mundial depois de quase cinco anos. O jornalista lembra que a Toyota adotou a postura de manter as posições dos TS050 Hybrid #8 e #7, mas isso não desmerece o triunfo da tripulação liderada por Alonso
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Fernando Alonso (Foto: FIA WEC)

A vitória de Fernando Alonso, Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, prova que abriu a Super Temporada 2018/19 do WEC, é tema do GP às 10 desta manhã de segunda-feira (7). Flavio Gomes destaca o triunfo obtido pela tripulação liderada pelo espanhol, que voltou a vencer uma prova de campeonato mundial após quase cinco anos.

O jornalista lembra que o WEC tem nesta Super Temporada apenas a Toyota como montadora na LMP1, de modo que é natural que assim fosse, ainda mais com a punição imposta ao TS050 Hybrid #7 na classificação. Assim, previsível foi também que a marca japonesa optasse pea ordem de equipe para se preservar e não permitir uma batalha entre os dois protótipos na fase final da prova.
 
Gomes também fala sobre o acidente sofrido por Pietro Fittipaldi, na sexta-feira, e todos os seus desdobramentos. Desde como foi a batida até as perspectivas de carreira para o jovem piloto brasileiro, que vai levar tempo para se recuperar e voltar a acelerar nas pistas ao redor do mundo.


O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO e convidados especiais, sempre às 10h, do dia e da noite.

Veja aqui todas as edições do 'GP às 10'.