Endurance

GP às 10: Reverência de Alonso e Button a Le Mans mostra que F1 não é a coisa mais importante do mundo

Direto de Moscou, onde já cobre a Copa do Mundo de 2018 para os canais Fox Sports, Flavio Gomes não deixa o automobilismo de lado. No GP às 10 desta terça-feira (5), fala sobre o respeito e o fascínio que Le Mans vem despertando em dois campeões mundiais de F1, Fernando Alonso e Jenson Button, após o Journée Test, a sessão de testes coletivos realizada no último domingo
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Fernando Alonso em preparação para Le Mans (Foto: Toyota)

Se maio marcou a disputa de duas das três provas da chamada Tríplice Coroa do Automobilismo com as 500 Milhas de Indianápolis e o GP de Mônaco de F1, junho é o mês da ‘cereja do bolo’, as 24 Horas de Le Mans, a mais icônica corrida do endurance mundial. E junho também marca o início da Copa do Mundo da Rússia, de onde Flavio Gomes produz, a partir desta terça-feira (5) e pelos próximos 45 dias, o GP às 10.
 
Direto de Moscou, onde vai cobrir a Copa do Mundo para os canais Fox Sports, Gomes destaca o fascínio que Le Mans vem despertando em dois campeões mundiais de F1 que tiveram a chance de guiar em Sarthe pela primeira vez no último domingo, dia do Journée Test, sessão de testes coletivos que antecede o fim de semana das 24 Horas de Le Mans. 
 
O respeito e a reverência de Alonso e Button mostra, acima de tudo, que a F1 é importante, mas não é a coisa mais importante do mundo, e que há outras tantas competições de peso e relevância no esporte a motor.


O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO e convidados especiais, sempre às 10h, do dia e da noite.

Veja aqui todas as edições do 'GP às 10'.