DTM
19/08/2017 12:35

Glock aproveita pole para segurar rivais e conquista primeira vitória em 2017 na prova 1 em Zandvoort. Farfus é 6°

Piloto alemão liderou trinca da BMW, que teve Marco Wittmann em segundo e Maxime Martin completando o pódio. Mattias Ekström, que chegou ao final de semana como líder, não completou a prova
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Timo Glock (Foto:DTM)

A corrida 1 da DTM em Zandvoort neste sábado (19) terminou com dois pilotos felizes: o primeiro, claro, Timo Glock, que aproveitou a pole-position conquistada pela manhã para segurar os rivais e conquistar sua primeira vitória em 2017 - e, por que não, entrar na briga pelo título, alcançando o 4° lugar na classificação geral. O outro é Rene Rast, que mesmo terminando apenas em 9° reassumiu a liderança, graças ao abandono de Mattias Ekström.

Augusto Farfus, que havia conquistado a segunda posição no grid no treino de classificação, acabou apenas em 6°. O pódio ficou com trinca da BMW: Marco Wittmann terminou em segundo, enquanto o terceiro foi Maxime Martin. Lucas Auer, outro que briga pelo título da categoria, ficou apenas em 15°.

A prova 2 na Holanda acontece no domingo, com largada prevista para 8h.

Timo Glock dá entrevista após vitória (Foto: DTM)

Confira como foi a prova em Zandvoort

Após o treino de classificação ser marcado por forte chuva, a prova 1 da DTM em Zandvoort teve pista úmida. Melhor para quem já havia corrido bem sob chuva: Timo Glock, que não perdeu a liderança durante toda a prova, sabendo parar logo após seus principais adversários, Wittmann e Martin, na volta 8.

Farfus, por sua vez, começou mal e caiu duas posições logo na largada. Assim, acabou apenas segurando o resto do pelotão, deixando os três líderes abrir grande vantagem.

Rene Rast chegou a sonhar com a vitória quando os líderes pararam, mas sua aposta em trocar os pneus apenas na volta 18 não funcionou - acabou despencando para 9°.

Para sua sorte, Ekström, principal rival na briga pelo título, rodou e teve que abandonar a prova. Assim, mesmo terminando apenas em 9° lugar, assumiu a liderança da categoria, com 114 pontos, um à frente do rival.

Outro que teve problemas na prova foi o 3° colocado na classificação, Lucas Auer, que rodou após ser atingido por Nico Müller logo no começo da prova. Terminou em 15° e parou em seus 99 pontos.

Glock, então, tratou de aproveitar a chance: reassumiu a liderança após a parada de Rast para não mais perdê-la, chegando a 98 pontos no campeonato com sua primeira vitória em 2017.JAmie Green cem logo atrás, com 97 pontos, enquanto Farfus é apenas 17°.

PADDOCK GP #91 RECEBE TUKA ROCHA