DTM

DTM oficializa rodada dupla de Misano no período da noite. E escapa do conflito de horários com GP da Bélgica de F1

15 anos depois, o DTM vai voltar a ter uma disputa à noite. Em 2003, a categoria baseada na Alemanha realizou a sessão classificatória durante a noite em Nürburgring. Outros tempos. Neste ano que marca o ano do certame à Itália, Misano vai realizar as duas provas à noite. Uma das justificativas é escapar dos horários do GP da Bélgica de F1. A outra é fugir do calor em pleno verão na Europa
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Há 15 anos, o DTM realizou um treino classificatório à noite em Nürburgring (Foto: DTM/Forix)

A ITR, empresa responsável pela promoção e organização do DTM, confirmou que a etapa a ser realizada em Misano, na Itália, entre 25 e 26 de agosto, vai acontecer totalmente à noite. Trata-se de uma série de novidades em uma rodada dupla só. Primeiro, por marcar o retorno da categoria baseada na Alemanha à Itália após oito anos — a última vez do DTM no país foi em 2010, quando correu no circuito de Adria. Outra novidade é que vai ser a primeira vez que o certame vai realizar uma rodada dupla à noite.
 
Há 15 anos, o DTM realizou à noite a sessão classificatória de uma das etapas em Nürburgring. Mas a corrida aconteceu durante o dia. Agora, a empresa chefiada por Gerhard Berger anunciou a mudança nos horários habituais da etapa.
 
Assim, as duas corridas do DTM em Misano, às margens do Mar Adriático, vão ter largada às 22h20, horário local. Uma das razões para a transferência da rodada dupla para o período noturno é evitar o conflito com o GP da Bélgica de F1. Com as provas do DTM durante a noite, a ideia é garantir uma audiência maior para a categoria.
O DTM vai realizar sua primeira corrida da história no período noturno (Foto: DTM/Forix)
Outro motivo é o clima. Como agosto ainda é um mês bem quente na Europa, o objetivo da organização da categoria é escapar um pouco das temperaturas mais altas com a corrida à noite.
 
Na esteira das novidades para a temporada, o DTM anunciou também que as duas corridas em Lausitzring, segunda etapa do campeonato, marcada para os dias 19 e 20 de maio, duas semanas depois da abertura da temporada, em Hockenheim. 
 

Diferente do habitual, a disputa das duas corridas vai acontecer no maior e principal traçado do circuito — que já recebeu a Cart no seu traçado oval. Antes, o DTM usava a pista mais curta, de 3.478 m, mas vai realizar sua rodada dupla no traçado de 4.345 m, algo que não acontece desde 2004.
 
O DTM, uma das principais categorias de turismo do automobilismo mundial, conta com a presença do brasileiro Augusto Farfus pela sétima temporada consecutiva. O curitibano, que foi convidado de Lucas Di Grassi na Corrida de Duplas da Stock Car no DTM, representa a BMW. Vai ser pela marca bávara que Farfus também vai disputar o Mundial de Endurance em 2018.
”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO