Brasileiro de Turismo
02/04/2017 10:14

Rimbano vence duelo contra Baptista e triunfa na corrida 2 do Brasileiro de Turismo em Goiânia. Di Mauro lidera

Pietro Rimbano fechou com vitória a rodada dupla que abriu a temporada 2017 do Brasileiro de Turismo em Goiânia. O jovem piloto da RKL Competições levou a melhor em uma disputa pra lá de acirrada com Vitor Baptista, alcançando o triunfo. Gaetano di Mauro terminou em terceiro e, na soma dos resultados do fim de semana, é o líder do campeonato logo na sua estreia
Warm Up, de Goiânia / FERNANDO SILVA, de Goiânia
 Pietro Rimbano, ao centro, comemora a vitória na segunda corrida do fim de semana em Goiânia (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
 
A rodada dupla que abriu a temporada 2017 do Brasileiro de Turismo foi encerrada em grande estilo. Na nublada manhã deste domingo (2), em Goiânia, um grande duelo pela vitória marcou a corrida, que teve como vencedor o jovem Pietro Rimbano. O piloto, que foi um dos bons destaques da temporada passada, triunfou em uma grande batalha com outro jovem talento, Vitor Baptista, levando a melhor após 24 voltas. O terceiro lugar na corrida ficou com Gaetano di Mauro, que conseguiu o pódio mesmo correndo com 80 kg de lastro. Com grande atuação ao longo de todo o fim de semana, o novato, que corre pela W2/Shell Racing, deixa Goiânia com outro troféu e também a liderança do campeonato.
 
Fábio Fogaça, no desfecho da sua rodada dupla de estreia no Brasileiro de Turismo, garantiu um bom quarto lugar. Raphael Reis, companheiro de equipe de Di Mauro, conseguiu fazer uma boa performance depois de rodar logo na primeira volta, se recuperou e fechou em quinto lugar, garantindo o último degrau do pódio, à frente de Giulio Borlenghi, que largou na pole-position.
Pietro Rimbano, ao centro, comemora a vitória na segunda corrida do fim de semana em Goiânia (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Com duas corridas já disputadas, três grandes talentos ocupam as três primeiras posições da classificação do campeonato: Di Mauro lidera com 34 pontos, cinco a mais em relação a Baptista. Detalhe: os dois são novatos no Brasileiro de Turismo. Rimbano, com experiência de uma temporada na classe de acesso à Stock Car, surge em terceiro e soma 27 pontos.
 
A segunda etapa do Brasileiro de Turismo acontece dentro de três semanas com a disputa da rodada dupla no travado circuito do Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul.
 
 
Saiba como foi a corrida 2 do Brasileiro de Turismo em Goiânia
 
Pela regra do grid invertido do primeiro ao sexto colocado da primeira corrida do fim de semana, Giulio Borlenghi partiu na pole-position ao lado de Gustavo Myasava. Os quatro primeiros da corrida de sábado largaram com lastro, tudo para equilibrar o grid e tornar ainda mais competitiva a segunda prova do fim de semana.
 
A corrida começou com muitos trechos ainda úmidos, consequência da chuva que deu as caras durante a noite. Na primeira curva, Baptista tomou a ponta de Borlenghi e começou a abrir vantagem desde então. Ao mesmo tempo, Raphael Reis se envolveu em um incidente e acabou rodando, caindo para o fim do pelotão.
 
Rimbano assumiu a segunda posição e, depois de uma largada segura, Di Mauro conseguiu se colocar em terceiro lugar, mas depois acabou sendo superado por Luca Milani, que vinha bastante rápido na pista. No fim das contas, depois de quatro voltas, Baptista, Rimbano, Milani, Di Mauro e Gabriel Robe andavam muito próximos.
 
Na sexta volta, Baptista começou a perder rendimento, assim como Di Mauro. O então líder perdeu a ponta para Rimbano e foi ultrapassado também por Luca Milani. Dois pilotos começaram a aparecer muito bem: Gustavo Frigotto, que subia para terceiro, e Fábio Fogaça, quinto, logo atrás de Baptista. Gaetano Di Mauro caía para sexto.
Di Mauro lidera o Brasileiro de Turismo após a primeira etapa da temporada (Foto: José Mário Dias/Shell Racing)
Mas pouco depois de subir para o top-3, Frigotto acabou perdendo performance e despencou na prova, abrindo espaço para a ascensão de Fogaça ao quarto lugar, seguido por Gaetano e Robe, vice-campeão do ano passado. Milani, que aparecia com destaque na corrida, também teve problemas e foi para os boxes.
 
Até que, a partir da volta 13, os boxes foram abertos para o pit-stop obrigatório. Mas antes da paradas, Borlenghi se envolvia em um incidente com Matheus Muniz. Durante a janela de pit-stops, Baptista reassumiu a ponta, com Rimbano em segundo. Mas o jovem Pietro conseguiu uma arrojada ultrapassagem e se colocou novamente na liderança. Gaetano também se deu bem durante a janela e subiu para terceiro, com Fogaça em quarto e Robe andando em quinto.
 
A tentativa de Robe chegar em uma boa posição se encerrou logo depois. Com problemas, o gaúcho acabou praticamente abandonando a luta por bons pontos. Lá na frente, Rimbano continuava ditando o ritmo, com Baptista em segundo e Gaetano fechando o top-3. Fogaça aparecia um pouco mais atrás, mas andava muito bem na sua primeira rodada dupla no Brasileiro de Turismo.
 
Porém, nas voltas finais, Baptista endureceu a disputa e acelerou fundo para lutar pela vitória contra Rimbano. Mas Pietro conseguiu resistir bem aos ataques do piloto da Full Time e fechou com vitória a rodada dupla de Goiânia. Gaetano di Mauro cruzou a linha de chegada logo atrás e, no combinado dos resultados, terminou a primeira etapa do ano no Brasileiro de Turismo na liderança do campeonato.
 
PADDOCK GP #71 ANALISA ETAPAS DE ABERTURA DAS TEMPORADAS 2017 DA F1 E MOTOGP