Brasileiro de Turismo
22/07/2017 16:57

Cozzi vence tumultuada corrida 1 do Brasileiro de Turismo em Curvelo e Di Mauro se isola na liderança da temporada

Marco Cozzi passou Raphael Reis na abertura da segunda volta e, mesmo com uma série de bandeiras amarelas, não foi superado no Circuito dos Cristais. Nas voltas finais, Reis passou Gaetano di Mauro e subiu para segundo. Mas mesmo com 80 kg de lastro no seu carro, o piloto da Academia Shell Racing garantiu um bom terceiro lugar que, combinado com o abandono de Pietro Rimbano, se isolou na liderança do campeonato, com 96 pontos
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 MarcoCozziFabioDavini4

Marco Cozzi fez valer toda sua experiência no Brasileiro de Turismo e alcançou sua primeira vitória na temporada 2017 na tarde deste sábado (22), em Curvelo. O piloto da Rsports avançou à liderança da corrida 1 da etapa no Circuito dos Cristais depois de passar Raphael Reis na abertura da segunda volta da disputa. Foi uma prova tumultuada e marcada por bandeiras amarelas, mas nem as intervenções do safety-car atrapalharam Cozzi, que voltou a festejar um triunfo na categoria de acesso à Stock Car.
 
Faltando duas voltas para o fim da corrida, Reis surpreendeu e ultrapassou Gaetano di Mauro e confirmou a segunda colocação. O piloto da W2/Academia Shell Racing, no entanto, conquistou um bom resultado considerando o lastro de performance de 80 kg, e terminou em terceiro. Gabriel Robe, da Motortech, foi o quarto, enquanto Vitor Baptista, que largou em 13º, completou a lista dos cinco primeiros.
 
Pietro Rimbano, que dividia a liderança do campeonato com Di Mauro até a etapa de Curvelo, abandonou com um pneu furado e estacionou nos 83 pontos. Assim, Di Mauro assumiu a liderança isolada com 96 pontos, mas segue com um forte adversário no encalço: Robe agora soma 93, enquanto Rimbano caiu para terceiro. Com a vitória neste sábado, Cozzi subiu para oitavo no campeonato, com 54.
 
A rodada dupla de Curvelo se encerra neste domingo, às 9h, com a disputa da corrida 2 do fim de semana. A prova vai contar com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 3.
Marco Cozzi alcançou a vitória com direito a pilotagem segura em Curvelo (Foto: Fábio Davini/Vicar)
 
Saiba como foi a corrida 1 do Brasileiro de Turismo em Curvelo
 

Raphael Reis largou na pole-position, mas o piloto da W2 não durou muito tempo na liderança. Na abertura da segunda volta, Marco Cozzi fez a ultrapassagem e tomou a ponta. Gaetano Di Mauro, mesmo com 80 kg de lastro, vinha em terceiro lugar. Mas a corrida teve a intervenção do safety-car quando Tuca Antoniazi perdeu o controle do seu carro e se chocou contra o muro no primeiro setor da pista mineira.
 
A relargada aconteceu na quinta volta, que teve um grande incidente antes da primeira curva envolvendo Gustavo Myasava, Luca Milani, Pietro Rimbano e Gustavo Myasava, que vinham logo atrás dos três primeiros. Vitor Baptista, que aparecia em sétimo, tinha a parte dianteira do seu carro avariada, bem como a traseira de Myasava.
 
A corrida voltou a ter a intervenção do safety-car quando Myasava rodou na saída do primeiro setor em Curvelo na sétima volta. Foi um breve tempo para que o carro do cascavelense fosse retirado do trecho da pista.
 
Restando pouco mais de 20 minutos, a corrida teve nova relargada, com Cozzi partindo na frente e Gaetano superando Reis para assumir a segunda posição. Giulio Borlenghi, da Full Time Academy, encostava na pista com problemas em seu carro depois de ter sido tocado por Gustavo Frigotto, que foi punido com um drive-through. O safety-car entrava na pista pela terceira vez em pouco mais de 15 minutos.
Gaetano di Mauro segue líder do campeonato, agora com 96 pontos (Foto: José Mário Dias)
Durante a bandeira amarela, a direção de prova abriu a janela para pit-stop obrigatório, e a medida ocasionou um engarrafamento nos boxes. Ao mesmo tempo, a corrida retomava seu curso normal, o que determinou forte disputa por posições depois da parada. Os pilotos optaram apenas por um splash and go, um reabastecimento rápido antes de retornarem à pista.
 

Dentre os líderes, Robe retardou ao máximo sua parada para tentar um bote no fim da prova. Cozzi fez sua parada uma volta depois de Gaetano e conseguiu voltar na liderança. Di Mauro, por sua vez, era pressionado pelo companheiro de equipe, Reis. Nesse tempo, Pietro Rimbano, então líder do campeonato ao lado de Di Mauro, parava na área de escape por conta de um pneu furado.
 
Robe fez sua parada no limite antes do fim da janela para troca de pneus e voltou em quarto, bem perto dos líderes. Cozzi segurava a fila à frente de Gaetano e Reis, com Robe pressionando o dono do carro #77. Vitor Baptista aparecia logo atrás, em quinto.
 
Na penúltima volta, Reis fez a ultrapassagem sobre Di Mauro e assumiu a segunda colocação da prova. Mas não foi o bastante para chegar em Cozzi. O veterano, com pilotagem segura, confirmou sua primeira vitória na temporada, com Reis e Di Mauro fechando o top-3 e Robe e Baptista completando o pódio em Curvelo.
GRANDE FORMA DE BOTTAS NA F1 MOSTRA QUE PREVISÕES ESTAVAM ERRADAS: "NEM A PRÓPRIA MERCEDES ACREDITAVA"