Brasileiro de Marcas

Orige vence com tranquilidade corrida 2 do Brasileiro de Marcas na etapa de Campo Grande

Vicente Orige não teve trabalho para vencer pela segunda vez no fim de semana do Brasileiro de Marcas em Campo Grande. Nesta quente manhã de domingo, o catarinense triunfou com seu Chevrolet Cruze. Apenas quatro carros chegaram ao fim da prova
Warm Up, de Campo Grande / FERNANDO SILVA, de Campo Grande
 Vicente Orige festeja mais uma vitória na temporada 2018 do Brasileiro de Marcas (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
A programação desta manhã de domingo (19) em Campo Grande começou com a corrida 2 do Brasileiro de Marcas. A categoria, que vem bastante esvaziada em 2018, teve nova vitória de Vicente Orige, que praticamente não teve adversários ao longo da sua jornada. O catarinense, atual campeão do certame, largou em quinto, mas não teve problemas para chegar à liderança com apenas quatro voltas, partindo para mais um triunfo no ano com o Chevrolet Cruze da equipe JLM Racing.
 
Enrico Bucci, de Ford Focus da Desenfreados, terminou em segundo, enquanto Guilherme Reischl, que corre com um Chevrolet Cruze da Blau, completou o pódio. Além dos três pilotos, Beto Hofig, que largou na primeira posição por conta do grid invertido, viu a bandeira quadriculada. Humberto Biesuz e César Bonilha abandonaram a disputa.
 
A próxima rodada dupla, válida pela sexta etapa do Brasileiro de Marcas, está marcada para os dias 7 e 8 de setembro em Cascavel, no oeste do Paraná.
Vicente Orige passeou em Campo Grande neste fim de semana (Foto: Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm)
Saiba como foi a corrida 2 do Brasileiro de Marcas em Campo Grande
 
Pela regra do grid invertido em relação à corrida de sábado, Beto Hofig largou na primeira colocação na manhã deste domingo, enquanto Vicente Orige largou em quinto no diminuto grid de seis carros em Campo Grande.
 
A largada, como em todo o fim de semana, foi na reta oposta do circuito. E antes mesmo de completar a primeira volta, Hofig perdeu o controle do seu Ford Focus e rodou no fim da reta dos boxes, ficando para trás. Cesinha Bonilha assumia a ponta, mas já era muito pressionado por Orige, segundo colocado.
 
A liderança de Bonilha não durou muito tempo. Na volta 4, Orige fez a ultrapassagem até com certa tranquilidade e, com ritmo muito mais forte com seu Chevrolet Cruze, logo abriu vantagem na ponta e partiu para mais uma vitória. Enrico Bucci, Humberto Biesuz e Guilherme Reischl faziam uma corrida à parte pelo último degrau do pódio.
 
Sem performance, Bonilha despencou de segundo para quinto e penúltimo. O veterano tentou voltar à prova, mas abandonou pouco depois. 
 
Quem também enfrentava problemas foi Bieusz, que perdeu o ponto da frenagem, rodou e foi para a área de escape, mas conseguiu voltar à pista. Na volta seguinte, o piloto ficou com seu Chevrolet Cruze parado na reta oposta, em posição perigosa.
 
Ao fim de 17 voltas, Orige comprovou a superioridade diante dos poucos adversários e cruzou a linha de chegada para confirmar mais uma vitória na temporada 2018 do Brasileiro de Marcas.