Brasileiro de Marcas

Orige e Nonô protagonizam domínio da Chevrolet no primeiro dia de treinos do Brasileiro de Marcas em Curitiba

Vicente Orige foi o mais rápido no combinado dos dois treinos livres do dia que abriu a etapa de Curitiba do Brasileiro de Marcas, enquanto Nonô Figueiredo foi o melhor da sessão realizada à tarde. Como vem sendo a tônica da temporada, a Chevrolet dominou os trabalhos ao longo do dia
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Vicente Orige foi o mais rápido do dia no Brasileiro de Marcas (Foto: Fábio Davini/Vicar)

Líder e vice-líder, respectivamente, foram os mais rápidos dos treinos livres realizados na abertura da etapa de Curitiba do Brasileiro de Marcas ao longo desta sexta-feira (30). No início da manhã, Vicente Orige cravou 1min27s762 com seu Chevrolet Cruze #43 da JLM, enquanto Nonô Figueiredo teve o melhor desempenho pouco depois na segunda sessão, mas fez tempo inferior ao de Orige: 1min27s980. No entanto, há sempre que se considerar o lastro de 80 kg que Nonô leva por ocupar a liderança da temporada do Brasileiro de Marcas.
 
Ainda no primeiro treino, Daniel Kaefer, que vem embalado por uma grande jornada em Cascavel, sua cidade-natal, foi o segundo mais rápido, menos de 0s1 atrás de Orige, enquanto Carlos Souza, também da JLM, fechou a trinca da Chevrolet. Nonô terminou na quarta colocação, enquanto Thiago Marques quebrou a sequência da Chevrolet ao colocar o Renault Fluence #1 da RZ Motorsport na quinta posição.
Vicente Orige foi o mais rápido do dia no Brasileiro de Marcas (Foto: Fábio Davini/Vicar)
Na sessão iniciada no fim da manhã, Nonô dominou os trabalhos em Curitiba. Mesmo com o carro mais pesado, o piloto usou e abusou da sua experiência para ser o mais rápido da sessão novamente dominada pela Chevrolet, com Souza em segundo e Kaefer fechando o top-3. 
 
Marques voltou a andar bem com seu Renault Fluence e ficou pouco mais de 0s2 atrás do líder, enquanto Felipe Tozzo colocou pela primeira vez no dia um Toyota Corolla no rol dos cinco primeiros colocados. Líder da primeira sessão, Orige não conseguiu repetir a boa performance do início da manhã e fechou em sexto com sua melhor volta em 1min28s439.
 

A programação do Brasileiro de Marcas tem sequência neste sábado que promete ser bastante intenso em Curitiba. O cronograma compreende um warm-up de dez minutos de duração a partir de 9h40, enquanto o treino classificatório, também de dez minutos, acontece logo depois, às 9h55. A primeira corrida do fim de semana acontece ainda no sábado, às 13h, pouco depois do término da sessão classificatória da Stock Car.
 
No domingo, o fim de semana do Brasileiro de Marcas se encerra em Curitiba com a disputa da segunda corrida da quarta etapa, com largada prevista para 13h35 (horário de Brasília).
POLÊMICA MOSTRA QUE VETTEL PISOU NA BOLA E HAMILTON FOI MALANDRO EM BAKU