Brasileiro de Marcas
22/04/2017 08:10

Nonô e Guerra abrem na frente primeiro dia de treinos livres do Brasileiro de Marcas no Velopark

O fim de semana que abre a temporada 2017 do Brasileiro de Marcas teve Nonô Figueiredo como o mais rápido. Renan Guerra, por sua vez, liderou dois dos três treinos realizados na sexta-feira que antecede a primeira corrida do ano. Na última sessão, a forte chuva atrapalhou o desenrolar dos trabalhos
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Renan Guerra no Velopark (Foto: Fábio Davini/Vicar)
 

Nonô Figueiredo e Renan Guerra foram os grandes nomes da sexta-feira (21) que abriu os trabalhos da primeira etapa da temporada 2017 do Brasileiro de Marcas no circuito do Velopark. A categoria, que deixou de contar com a presença da Honda no ano passado, não teve nenhum carro da Renault na pista em Nova Santa Rita. Assim, apenas Toyota, Ford e Chevrolet aceleraram no traçado gaúcho. E aí, o atual campeão da categoria foi o mais rápido no combinado do treino extra e dos dois treinos livres do dia. Na sessão realizada no período da tarde, a forte chuva atrapalhou o desenrolar dos trabalhos.
 
O melhor tempo do dia ficou com Nonô, que cravou 1min00s220 com seu Chevrolet Cruze #11. A marca foi estabelecida no primeiro dos dois treinos livres, realizado ainda no período da manhã.
 
“Hoje o campeonato começou para todo mundo. Estou contente em andar na categoria novamente e vou defender meu título da melhor forma. Bom ver pilotos novos competindo. Tudo pode acontecer no classificatório amanhã. O objetivo é sair daqui com o maior número de pontos nas duas baterias”, salientou.
Nonô Figueiredo foi o mais rápido da sexta-feira de treinos do Brasileiro de Marcas no Velopark (Foto: Fábio Davini/Vicar)
Guerra, aos 27 anos, foi apenas 0s050 mais lento que a melhor marca do dia. Também correndo com um Chevrolet Cruze, o jovem piloto destacou o trabalho realizado nos boxes para contar com um carro competitivo desde o começo do fim de semana.
 
“Só tenho a agradecer à equipe. Os mecânicos finalizaram o carro em cima da hora. Desde o primeiro momento que eu fui para a pista, o carro se mostrou rápido. Conseguimos testar bastante coisa e ainda não passamos pneu novo. A expectativa está além do que esperávamos. A largada aqui é crítica. Precisamos nos livrar das batidas para garantir o maior número de pontos”, disse.
 
No combinado dos treinos livres do dia, a Chevrolet dominou com Carlos Souza, ex-Honda, em terceiro lugar, e Pedro Boesel na quarta posição. Thiago Marques, que continua com Toyota Corolla, foi o quinto mais rápido, seguido por Felipe Tozzo, que trocou o Ford Focus pelo Toyota Corolla. 
 

Enzo Bortoletto, de Foord, foi o sétimo, seguido por Márcio Basso, companheiro de equipe de Nonô na Onze Motorsport. Odair dos Santos, piloto da Paraguay Racing, levou seu Toyota Corolla ao nono lugar, enquanto Enrico Bucci, com Ford Focus, fechou o top-10. Ao todo, são 13 os carros inscritos para a etapa deste fim de semana no Velopark.
 
A preocupação maior dos competidores é garantir uma boa posição no grid e escapar da ‘zona da confusão’ na largada no Velopark. A definição do grid de largada acontece logo mais, às 8h40 deste sábado. A primeira corrida do fim de semana também acontece logo mais, com largada prevista para 11h30 (hora de Brasília) e transmissão ao vivo pelo canal EI MAXX.
 

PADDOCK GP #74 DEBATE: QUAIS OS PILOTOS COM POTENCIAL DE FUTURO CAMPEÃO MUNDIAL DE F1?