Brasileiro de Marcas
06/08/2017 13:25

Líder do campeonato, Nonô aproveita grande largada e erro de Marques para vencer corrida 2 no Velo Città

Nonô Figueiredo ignorou o lastro que carregava por ser líder do campeonato e venceu a corrida 2 do Brasileiro de Marcas no Velo Città. O piloto do #11 teve grande largada e contou com um erro providencial de Thiago Marques para tomar a ponta
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Nonô Figueiredo venceu a corrida 2 no Velo Città (Foto: Duda Bairros)

Nonô Figueiredo faz uma grande temporada 2017 no Brasileiro de Marcas. O piloto da Chevrolet, neste domingo (6), superou as dificuldades por andar com lastro pela liderança do campeonato e, alavancado por uma grande largada, partiu para vencer a corrida 2 no Velo Città.
 
Nonô, que saiu do meio do pelotão para o segundo posto logo de cara, então iniciou uma perseguição a Thiago Marques. Quando o piloto da Renault cometeu um erro, o #11 e Vicente Orige aproveitaram e deram o bote, pulando ambos para a dianteira.
 
“Seria uma corrida se ele não tivesse errado, porque ser agressivo carregando o lastro é bem difícil. Ele não estava tão rápido e me segurava, felizmente ele acabou errando, facilitando a minha vida e a do Vicente. Foi uma vitória bem importante, no momento em que o Vicente crescia no campeonato. Foi bom para interromper e importante para ir para essa reta final de campeonato com um pouco de vantagem para que quando algo de errado acontecer eu ter um pouco de vantagem para continuar na briga pelo título”, comentou Nonô.
Nonô Figueiredo venceu a corrida 2 no Velo Città (Foto: Duda Bairros)

Apesar do erro, Marques se manteve na terceira posição e salvou a pele da Renault, sendo o único intruso no top-5 comandado pela Chevrolet. Felipe Tozzo foi o quarto e Carlos Souza chegou em quinto.
 
“A gente sabe que para andar com os carros da Chevrolet precisamos guiar 110% e eu não estava com capacidade para isso hoje. Sabia que não podia errar, fui tentar fazer a curva em primeira e o câmbio bloqueou. Acho que foi o que dava pra fazer. Vamos para frente”, explicou Marques.
 
O top-10 ainda teve Odair dos Santos e Elias Azevedo, da Toyota, Marcio Basso e Pedro Boesel, da Chevrolet, além de Luiz Arruda, também da Toyota. Boesel, aliás, teve problemas no carro quando brigava na parte de cima.
O pódio da corrida 2 no Velo Città (Foto: Duda Bairros)
Nonô conseguiu aumentar ainda mais a vantagem na liderança com 192 pontos e 27 de frente para Orige. Tozzo, Marques e Souza fecham o top-5.
 
“Não consegui me aproximar dele. Tirei três pontos ontem e os perdi hoje. Minha meta na prova era ficar na frente dele, mas o Nonô largou muito bem e ainda sofri um toque na traseira que me atrapalhou. Os resultados foram bons, mas ele está mantendo a vantagem na reta final e está ficando cada vez mais difícil, mas vamos batalhar até a última corrida”, disse Orige.
 
BUEMI PERDEU PARA SI MESMO. E DI GRASSI FEZ POR MERECER TÍTULO DA F-E