Brasileiro de Marcas
08/09/2018 17:30

Dono da casa, Dos Santos cumpre missão ao substituir Orige e vence primeira no BR de Marcas em Cascavel

Odair dos Santos atuou no lugar do líder do campeonato, Vicente Orige, fora da etapa de Cascavel por conta de problemas particulares. O piloto local cumpriu com o objetivo e venceu a corrida 1 neste sábado
Warm Up, de Cascavel / Redação GP, de Cascavel
 Pódio da corrida 1 do Brasileiro de Marcas neste sábado em Cascavel (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
Além da Stock Car, Cascavel é palco da sexta etapa da temporada 2018 do Brasileiro de Marcas. E o grande nome do sábado (8) no Autódromo Zilmar Beux foi Odair dos Santos. Piloto da casa, Odair corre nesta etapa como convidado da JLM Racing no Chevrolet Cruze do líder do campeonato, Vicente Orige, que não pode correr neste fim de semana por conta de compromissos particulares. Odair, então, cumpriu a missão e venceu depois de ter largado na pole-position na corrida 1 da rodada dupla.
 
Mas não foi uma vitória fácil, ao contrário. Odair teve de superar problemas depois de ter largado na frente, mas conseguiu recuperar terreno e, na penúltima volta, passou Rafael Iserhard para finalmente triunfar na categoria. O piloto disputa de forma regular a temporada 2018 da Stock Light, mas aproveitou a folga na categoria de acesso à Stock Car para voltar ao Brasileiro de Marcas. E logo no topo do pódio.
 
“Aqui é minha casa. O carro está maravilhoso, mudou muito em relação ao ano passado. Primeira pole e primeira vitória, estou muito feliz”, comemorou o vencedor.
Odair dos Santos festejou sua primeira vitória no Brasileiro de Marcas neste sábado (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
“A largada e as duas primeiras voltas são complicadas, por isso perdi a ponta. Ia tudo bem, mas depois o carro começou a falhar no Bacião por um problema na bomba de combustível. Enquanto eu ligava a bomba auxiliar, que resolveu a questão, ainda tive de lutar com o Enrico Bucci”, continuou.
 
“Fiquei muito para trás, mas o Juliano Moro falou que dava, que eu estava rápido, e então passei a andar em ritmo de classificação. Eu estava estudando onde poderia passar o Rafael, e dois pontos eram possíveis, porque ele freava um pouco antes. Ele tinha um retardatário que o fez perder um pouco de tempo, e eu aproveitei. Foi a única chance que tive”, destacou Odair.
 
Tão perto da vitória, Iserhard, piloto da Blau Motorsport, lamentou por não ter conseguido manter a posição até o fim da corrida. “Um segundo lugar amargo. Não via ninguém no retrovisor, e a equipe me pedia para administrar porque a vantagem era grande. Consegui reduzir um pouco o ritmo para poupar o carro e, quando vi, o Odair já estava colado em mim de novo. Não tinha equipamento para segurá-lo”, lastimou o dono do Chevrolet Cruze #3.
Odair dos Santos lutou até que conseguiu a ultrapassagem que lhe garantiu a vitória (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar/Vipcomm)
César Bonilha, de Ford Focus da equipe Desenfreados, completou o pódio, com Roberto Hofig em quarto e Junior Victorette, também da Blau, fechando a lista dos cinco primeiros e também os cinco que completaram a corrida. Bucci abandonou a 14 voltas do fim no grid diminuto do Brasileiro de Marcas.
 
A corrida que encerra a sexta etapa do campeonato acontece neste domingo, a partir de 9h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal oficial do Brasileiro de Marcas no Facebook.