Brasileiro de Marcas

Brasileiro de Marcas abre temporada 2018 com apenas seis carros no grid. Campeão, Orige domina treinos em Curitiba

São 12 carros nos boxes do Brasileiro de Marcas para a etapa inaugural em Curitiba. Mas apenas seis pilotos foram à pista nesta sexta-feira. Vicente Orige, atual campeão, dominou os três treinos livres com o Chevrolet Cruze da equipe JLM
Warm Up, de Curitiba / FERNANDO SILVA, de Curitiba
 Vicente Orige foi o mais rápido nesta sexta-feira esvaziada do Brasileiro de Marcas (Foto: Duda Bairros/Vicar)

A sexta-feira (6) que abriu os trabalhos do Brasileiro de Marcas contou com apenas seis carros na pista nos treinos livres em Curitiba, que também recebe a Stock Car e a Stock Light neste fim de semana. Nas três sessões realizadas ao longo do dia, levou a melhor o atual campeão, Vicente Orige, sempre com larga margem para os demais.
 
Além de Orige, aceleraram nesta sexta-feira Raphael Campos, Guilherme Reischl e Márcio Basso, com Chevrolet Cruze da JLM Sports, Enrico Bucci e Roberto Hofig, os dois da Desenfreados Racing Team. Bucci treinou com um Renault Fluence, enquanto Hofig acelerou o Ford Focus.
 
Contudo, apesar da quantidade diminuta de pilotos na pista, há 12 carros nos boxes em Curitiba, mesma quantidade que abriu a temporada de 2017, no Velopark. O GRANDE PRÊMIO soube que muitos pilotos ainda não fecharam acordo para disputar a temporada, o que justifica o baixo quórum, ao menos nesta sexta-feira.
Vicente Orige foi o mais rápido nesta sexta-feira esvaziada do Brasileiro de Marcas (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Uma das ausências do grid é a Onze Motorsports, equipe que tinha em Nonô Figueiredo seu dono e também um dos pilotos — Márcio Basso completava a equipe. Em 2018, Nonô atua como diretor-técnico da Hero ao lado dos pilotos Lucas Di Grassi e Bruno Baptista, em parceria com Rosinei Campos, o ‘Meinha’.
 

Dos três treinos livres, Orige registrou o melhor tempo na segunda sessão, que ocorreu no período da tarde. O campeão anotou 1min27s596, com uma diferença de 1s549 para o segundo colocado, Campos, um dos seus companheiros de equipe. Foi de Campos, no terceiro treino, a melhor marca do restante dos pilotos: 1min28s671. Ainda assim, o tempo foi 0s438 mais lento que a marca de Orige na sessão derradeira do dia.
 
A programação do fim de semana do Brasileiro de Marcas segue neste sábado com a realização de um treino de aquecimento pela manhã e, às 10h20, a sessão classificatória para definir o grid de largada da corrida 1, marcada para 14h30 (transmissão ao vivo pelo canal BandSports). O desfecho da rodada dupla acontece no domingo, também às 14h30 (horário de Brasília).
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO